quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Cargill inaugura primeira biorrefinaria em Castro



Com mais de R$ 500 milhões de investimento, a planta vai representar aumento de 30% na capacidade de processamento de milho da empresa


Está marcada para esta quinta-feira (20), a partir das 13 horas, no Distrito Industrial Tatsuo Yamamoto, a inauguração da nova fábrica de processamento de milho para a produção de amidos e adoçantes da Cargill, em Castro. A nova planta será inaugurada pelo CEO da empresa, David MacLennan; pelo presidente da Cargill no Brasil, Luiz Pretti; prefeito Reinaldo Cardoso e governador Beto Richa.
Esta é a primeira unidade da companhia no país que atuará com o conceito inovador de biorrefinaria, planta que integra instalações, equipamentos e processos de conversão de biomassa, na produção de derivados refinados, com empresas instaladas ao seu redor. Ao todo, foram investidos mais de R$ 500 milhões no projeto. A fábrica cria 200 empregos. O empreendimento conta com o apoio do Governo do Estado, por meio do programa Paraná Competitivo. No ano fiscal 2012/2013, a Cargill registrou faturamento global de US$ 136,7 bilhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito grata por sua mensagem!