quinta-feira, 4 de junho de 2015

Cmei Pequeno Reino encanta com Mostra Cultural

Ação é fruto do trabalho desenvolvido nos projetos 'Minhas raízes culturais' e 'Arte por toda parte'


O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Pequeno Reino, do distrito do Socavão, realizou nesta quarta-feira (3) a I Mostra Cultural. A atividade, promovida na sede do Cmei, foi acompanhada por autoridades; representantes do Sindicato Rural de Castro, do Senar-PR – Regional Ponta Grossa, e também familiares dos alunos.
A diretora do Cmei, Claudia Aparecida Salgado Castro, explica que a mostra é fruto do trabalho desenvolvido nos projetos 'Minhas raízes culturais' e 'Arte por toda parte' – uma série de atividades desenvolvidas ao longo dos últimos quatro meses, tendo como embasamento teórico a Coleção Agrinho - Complexidade Redes e Conexões do Ser Sustentável e Complexidade Redes e Conexões na Produção do Conhecimento, do Programa Agrinho, numa visão articulada com a prática, através de experiências, conhecimentos e de múltiplas aprendizagens em todas as áreas de forma significativa para as crianças, caracterizando os temas transversais que expressam conceitos e valores básicos à democracia e a cidadania.
Assim, a mostra foi um momento interativo em que os alunos apresentaram seus conhecimentos, com envolvimento colaborativo e interações, através de apresentações culturais. As crianças cantaram a música 'Sou do Sul' - junção dos projetos Minhas Raízes Culturais e Arte por Toda Parte. Em seguida teve a dança da congada, catira e chula, herança dos povos indígenas e africanos na cultura dos tropeiros e boiadeiros da cidade e do campo.


PROJETOS 
Com o projeto Minhas Raízes Culturais as educadoras Jeselia Cordeiro Ortis e Lucia Nara Silva Carneiro de Lima levaram os alunos a conhecer, valorizar e respeitar as raízes da própria cultura para que haja a formação de identidade, no propósito de se definir enquanto cidadão sabendo situar-se na sociedade. A partir desses estudos constataram que a cultura de um povo também é um processo em constante transformação, de saberes compartilhados e ressignificados com o passar do tempo, mas acima de tudo, do encontro das raças e crenças, dos costumes do povo do campo e da cidade, das diferentes classes sociais, dos seres humanos com suas diversidades.
Já com o Projeto Arte por toda parte, a educadora Ivone dos Reis, ensinou mais da História de Castro e do Hino da Cidade aos alunos, favorecendo o processo criativo da criança nos diferentes tipos de linguagem (oral, visual, musical, corporal e escrita), ampliando a capacidade de pensar, falar e criar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito grata por sua mensagem!