quinta-feira, 14 de abril de 2016

Prefeitura entrega 'nova maternidade' nesta quinta-feira

A reforma da maternidade teve foco nas normas para implementação de parto humanizado 



A Prefeitura de Castro através da Secretaria Municipal de Saúde entrega para a comunidade castrense nesta quinta-feira,14, a nova maternidade do Hospital Anna Fiorillo Menarim. A cerimônia de abertura está marcada para as 20h, e o atendimento inicia na sexta-feira a partir das 7h da manhã.


O espaço inteiramente reformado com recursos próprios do município de Castro, inclui vários novos ambientes. São mais de 1.000 m2 divididos entre a ala de internamento e centro obstétrico. Inicialmente serão 20 leitos para atendimento de partos de risco habitual e de risco intermediário. Este espaço conta também com sala de exame admissão e higienização de parturiente, sala de pré-parto, sala de recuperação pós-anestesia, duas salas de parto normal, uma sala de parto cirúrgico, sala para assistência a recém-nato, vestiário de barreira, estar médico e salas para serviço de apoio. A ala de internamento abriga, além dos quartos, um berçário de cuidados intermediários e uma área de cuidados e higienização dos bebês.

Vale ressaltar que toda a reforma da maternidade esteve focada nas normas para a implementação do parto humanizado, que tem como principal diferencial a forma com que o processo é conduzido. No parto humanizado, a mãe não se separa do filho, mesmo durante o processo de higienização e de cuidados com o bebê. Por permitir esse contato permanente, entre mãe e filho, o parto humanizado contribui também como estímulo ao aleitamento materno, e na transmissão de anticorpos como forma de defesa da mãe para a pele do bebê. Além disso, deixar o filho no colo da mãe após o parto ajuda a estabilizar a temperatura corporal do recém-nascido, auxilia na estabilização dos batimentos cardíacos e respiração.



REFORMA

A Prefeitura de Castro investiu mais de R$ 2 milhões em recursos próprios nas reformas necessárias no hospital, na modernização de alguns setores, oferecendo as condições adequadas de funcionamento. O trabalho inclui a troca de 6.500 m² de cobertura, calha e condutores, colocação de piso cerâmico em 112 quartos/consultórios, instalação de válvula de descarga em 78 banheiros, construção de vestiário e banheiros para funcionários, impermeabilização da granitina e pintura interna, instalação de telas milimétricas, reforma e adequação do lactário, centro cirúrgico, UTI, centro obstétrico, lavanderia, farmácia, necrotério e depósito de resíduos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito grata por sua mensagem!